Fairy Tail World RPG


Seja Bem vindo ao fairy tail World RPG!

Fairy Tail World RPG

O Mundo da Magia
 
InícioFT World RPGCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Ficha de Makkiu Campbell

Ir em baixo 
AutorMensagem
Makkiu Campbell
Andarilhos
Andarilhos
avatar

Mensagens : 93
Data de inscrição : 11/04/2013

Ficha Magica
Jewel (Dinheiro): Jewel (Dinheiro):: 300.000.000,00

MensagemAssunto: Ficha de Makkiu Campbell   Qui Abr 11, 2013 3:14 pm

Nome: Makkiu Campbell

Alcunha: Makkiu

Idade: 369 anos

Raça: Humano

Local de Origem: Bosco

Família: Órfão

Aspecto Físico: Alto, tendo por volta de 1.80m, de cabelos louros normalmente curtos e particularmente espetados. Os ombros são largos e o rosto impassível, a pele caucasiana e os olhos afinados, foscos, verdes e distantes.  Costuma usar roupas de um estilo mais formal e sóbreo.

Psicologia: Calado e misterioso, geralmente com uma atitude indiferente. Makkiu é um individualista que tende a não tomar iniciativas de aproximação e se afastar das pessoas embora esteja sempre disposto a uma boa e interessante conversa.  

Hobbies: Leitura, contemplar paisagens, caminhar à noite e viajar.

Ódios: Falta de liberdade.

Guilda: Nenhuma.

Magia Primária:

Demon Slayer (Negra) - Desconhecida da grande maioria, a magia de exterminar demônios força à prática aqueles que quiserem seu nome podendo ser obtida apenas por aqueles que de fato mataram um demônio  literalmente absorvendo a sua existência em um tipo de possessão demoníaca reversa. Como em decorrência de absorver o poder demoníaco, o usuário desta magia desenvolve uma regeneração constante, quando não está usando a Demon Slayer, e de tal nível que possibilita até mesmo a regeneração celular, o que gera uma semi imortalidade (o Demon Slayer não envelhece e rapidamente se cura quando não está em combate, mas pode ser morto como um humano comum), algo proibido por lei, a própria Demon Slayer  é uma magia banida até mesmo da história do mundo mágico.

Assim como os demais usuários de magias de extermínio, os Demon Slayers tem suas técnicas baseadas em um elemento que podem controlar, desde que originado de sua magia, e devorar para repor ou ampliar seus poderes, neste caso desde que não proveniente de sua magia. A força das técnicas é equivalente à das próprias dos God Slayers de forma que mesmo um God Slayer não possuí imunidade nem pode devorar o elemento de um Demon Slayer assim como o contrário também é verdade.

Descrição das habilidades mágicas:

Técnica Mágica: Tsuchi Maō no Jūryokujō (Campo Gravitacional do Rei Demônio da Terra)

Rank: S

Duração: Até que a partícula conjurada seja destruída.

Número de Usos: Cinco vezes por batalha.

Tipo Mágico: Híbrido (Defesa - Ataque).

Descrição: Usando magia de terra o usuário cria uma partícula de  imensa massa que gera grande força gravitacional conseguindo desde empurrar oponentes contra o solo a inibir ataques alterando sua trajetória. O limite máximo de alcance do campo é de 30m², magias gravitacionais são absorvidas dentro do mesmo, desde que não originadas de um God Slayer e apenas magias de rank igual ou superior são capazes de destruir a partícula.



Técnica Mágica: Tsuchi Maō no Jūryokujō: Seigyo (Campo Gravitacional do Rei Demônio da Terra: Controle)

Rank: S 

Duração: 1 post.

Número de Usos: Quinze vezes por batalha.

Tipo Mágico: Suporte.

Bônus:   + 25 de ataque/defesa.

Descrição: Usando a magia de terra para controlar a partícula de Tsuchi Maō no Jūryokujō, o usuário controla o posicionamento, adicionando impacto e imprevisibilidade  ao campo gravitacional.  Exige que execução Tsuchi Maō no Jūryokujō e serve de suporte única e exclusivamente à magia anteriormente citada.



Técnica Mágica: Tsuchi Maō no Men'eki (Imunidade do Rei Demônio da Terra) 

Rank: S 

Duração: Indefinida. 

Número de Usos: Indefinido.

Tipo Mágico: Suporte. 

Bônus:   + 25 de ataque/defesa. 

Descrição: A habilidade passiva de Earth Demon Slayer que imuniza o usuário dos efeitos de magias da terra, sombra, trevas e gravidade acaba se tornando naturalmente um suporte quando de Tsuchi Maō no Jūryokujō é ativado uma vez que todos além do usuário acabam afetados pelo aumento da gravidade, tendo dificuldades para se mover. Esta habilidade, por ser passiva, não possuí um consumo de Maryouku e só funciona como suporte dentro do campo gravitacional de Tsuchi Maō no Jūryokujō.



Técnica Mágica: Tsuchi Maō no Ikari (Fúria do Rei Demônio da Terra) 

Rank: SS

Duração: 1 post.

Número de Usos: Seis vezes, uma vez a cada dois posts.

Tipo Mágico: Ofesiva.

Descrição: Usando o poder do rei demônio da terra o usuário é capaz de causar um breve porém intenso terremoto durante o qual rochas violentamente emergem cercando e atacando o oponente. É uma magia de área.



Técnica Mágica: Demon Force

Rank: SS

Duração: Permanente após a ativação

Número de Usos:  Uma vez por batalha

Tipo Mágico: Suporte.

Bônus:   + 30 de bônus em técnicas mágicas (independente do tipo) e + 50% de dano magias recebido por magias do tipo luz e sagrado.

Descrição: Habilidade avançada da magia Demon Slayer que torna o usuário um híbrido humano-demônio e mebora não altere mais que a cor de seus olhos, que adquire uma tonalidade carmesim, amplia consideravelmente a eficácia de sua magia e o permiti consumir para ampliar mais seus poderes ou repor poder mágico, além de seu elemento, magias do tipo sombra e escuridão. Em contra partida o usuário torna-se mais vulnerável a magias do tipo luz e sagrado.



Técnica Mágica: Metsuki Ougi:  Tsuchi Maō no Kyōran (Técnica Secreta de Exterminar Demônios: Frenesi do Rei Demônio da Terra)

Rank: SS

Duração: 2 + d6 posts.

Número de Usos: Uma vez por batalha.

Tipo Mágico: Ofensiva.

Descrição: Usando Tsuchi Maō no Jūryokujō: Seigyo para controlar e chocar as partícula geradas por  Tsuchi Maō no Jūryokujō, o usuário cria um colapso gravitacional no qual nem a luz, a matéria ou qualquer outro tipo de sinal podem escapar, ou seja, um buraco negro. Essa magia afeta todos em um uma área de 30m², inclusive usuário, os tragando gradativamente para o buraco negro. É uma magia que não pode ser controlada e cuja única defesa para ela é a saída de sua área de efeito (esquiva/teleporte).


Magia Secundária:

Teleportation - Esta magia permite ao usuário cobrir distâncias realmente extensas em um piscar de olhos se teleportando. Fato que a torna esta magia extremamente rápida e efetiva como meio de transporte e permite ser usada em combate quando a situação requere ações ágeis.

Técnica Mágica: Teleport

Rank: SS

Duração: 1 turno.

Número de Uso: 2 vezes a cada 2 posts.

Tipo Mágico: Suporte/Defesa.

Bônus:   + 30 em ataque, defesa e esquivas.

Descrição: Consiste na movimentação do usuário e/ou objetos que o usuário esteja tocando ignorando espaço tempo. Basicamente permite ao usuário cobrir grandes distâncias em pouco tempo.



Breve História:

Engraçado como nas histórias da nobreza, quase sempre, são contados apenas os atos de bravura, as conquistas, as virtudes e amores. Você raramente encontrará uma história sobre bastardos, atos de covardia, sobre os conquistados e oprimidos, sobre os defeitos aberrantes e os ódios preconceituosos. E assim, deste segundo tipo, é a minha história. Uma história verdadeira que contarei sem mentir ou omitir, mas na qual cabe a você acreditar ou não.

As áreas de fronteira sempre foram e atrevo-me a dizer que sempre serão os pontos mais tensos de um território. Os mais passíveis de conflito, especialmente quando esta área divide nobres de três reinos distintos, algo comum no peninsular continente de Earthland. Um quarto de milênio atrás, quando os reinos eram muito mais primitivos, com recursos e exércitos muito mais limitados, conflitos de cunho quase particular entre nobres eram corriqueiros nessas fronteiras tríplices e consequentemente o mesmo se podia dizer da destruição das aldeias ao redor que indefesas eram atacadas covardemente ou se tornavam campos de batalha dos "bravos nobres" apenas por estarem próximas do fogo-cruzado.

Em um destes ataques eis que um nobre de Seven acaba, usemos um eufemismo, seduzindo sem consentimento uma bela camponesa de uma vila conquistada. Camponesa que meses depois ele descobre estar grávida de um bastardo indesejado. A sorte da garota foi a revanche de Fiore que arrancou a vila do domínio de Seven por tempo suficiente para que pudesse fugir e não apenas para salvar sua vida, mas também a de seu filho, eu. Talvez seja como dizem, uma mãe não tem escolha quando se trata de amar seus filhos, ou talvez a época fizesse ser assim, não sei. O fato é que em sua fuga minha mãe foi mais e mais para dentro do território de Bosco e como era de esperar de uma imigrante pobre em um país estrangeiro e escravagista ela acabou sob a mira de mercadores de escravos, mas não foi feita uma de imediato, afinal ela carregava um bastardo de um nobre. Era mais valiosa sendo bem tratada até dar a luz à criança.

O contrário pensavam os nobres familiares do meu pai que por puro preconceito e valor à linhagem sanguínea odiavam-me e decidiram me matar por meios mágicos, já que não conseguiam encontrar a camponesa que me carregava no ventre. O método escolhido fora a convocação de um demônio, logicamente nobre e poderoso porque fidalgos de Seven não escolheriam qualquer monstrinho de classe baixa, e o firmamento de um contrato com o mesmo em troca da minha vida. O grande porém é que no tipo de contrato usado, se a vida prometida como paga da invocação não puder ser tomada, o demônio abandona sua vítima original e passa a atacar os invocadores e toda sua linhagem para romper o contrato e eu além de vítima era parte da linhagem sanguínea que poderia ser amaldiçoada. Uma situação rara, afinal poucos saberiam usar uma magia tão aberrante, na qual o ser invocado nem poderia me ferir nem me abandonar se tornando parte de mim, da minha existência, sendo selado em meu corpo e a minha mercê, encontrando a morte de sua consciência na perda de sua existência plena e individual. A situação na qual um demônio tem sua existência degenerada em um humano e nasce um Demon Slayer.

Os mercadores de escravos de Bosco faziam parte do submundo, conheciam magia negra e sabiam que espécime raro de escravo um Demon Slayer seria. Para eles não foi difícil identificar o grande demônio invocado, nem tão pouco pará-lo por meio de encantamentos de runa. Pude nascer em troca da vida de minha jovem mãe, mas não pense nisso como um clichê. Não era na época até porque com a medicina atrasada como era, partos em que ou mãe ou criança sobrevivia eram praticamente comuns. Fui educado em política, diplomacia, geografia, cartografia, retórica, estratégia de combate, artes mágicas e até mesmo nas artes da sedução. E fui ensinado até me tornar muito habilidoso em tudo isso, mas não pense que os mercadores de Bosco eram generosos. Eles apenas sabiam que com meu poder latente eu seria perfeito como guarda-costas e que um guarda-costas instruído sempre valia mais que um apenas forte. Eles apenas estavam investindo em mim que era sua mais rara e cara mercadoria.

E com o fim de meus estudos como mercadoria fui leiloado à nobreza de Bosco. Subjugado por artes mágicas, sem poder fazer mais do que esperar um dia em que meus mestres tivessem um destino como o de minha família paterna, que assim chamo por falta de termo melhor, para conhecer a tão falada nos livros liberdade. A longa vida propiciada pela magia que não intencionalmente eu possuía me permitiu ver meus primeiros mestres falirem e me venderem para se reerguer. Venderem-me em leilão no qual acabei me tornando propriedade de uma família nobre de Minstrel a quem devo a viagem em que me tornei livre. Não, não fui liberto. Uma tempestade repentina destruiu o navio e fez com que todos caíssem no mar turbulento. Para mim não foi difícil sobreviver, mas meus donos não tiveram a mesma sorte.

Segui a rota do navio e ao ver a costa Minstrel evitei seus portos e guardas de costa entrando secretamente no país, seguindo para os seus campos, trabalhando como caçador de recompensas até que o "naufrágio" fosse esquecido e eu pudesse buscar os documentos necessários para me tornar um cidadão do país em que agora eu vivia. Foi fácil tirar minha documentação, tanto quanto juntar dinheiro entregando criminosos às autoridades. Pude enfim caçar livros, uma das paixões que ganhei em meus estudos décadas antes, encontrar um lugar para morar à minha maneira e artistas para patrocinar, negócio que futuramente se tornaria a base do Show Busines e que me rende todo o conforto financeiro de que preciso para mudar de identidade a cada oitenta anos. Claro que a cada cinco ou oito anos eu precisava e preciso me mudar para que não notem minha "juventude", mas devo dizer que isso me rendeu um amor por viagens graças ao qual eu rodei todo o continente, incluindo Bosco e Seven, sem pesquisar sobre minha origem. Eu simplesmente não precisava, minha história me fora contada pelos mercadores de escravos.

Contada e provada, mas como contei agora mais do eles sabiam na época, como o fato de que depois de anos em Caelum estou voltando para Fiore, não me darei ao trabalho de provar coisa alguma. Registros de quase três séculos já são quase inexistes, ainda mais de algo extraoficial. Como disse quando comecei a história, cabe a você acreditar ou não.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Ficha de Makkiu Campbell
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Dimitri Darkson(Nova ficha) - Daniel Campbell - Tzimisce - Sabá
» [Ficha] - Sora D. Pierre
» Ficha - Lord Lucario
» ~ Como Atualizar sua Ficha ~
» [Ficha] Ryujin

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Fairy Tail World RPG :: Área RPG :: Cadastro de Personagem :: Ficha Mágica :: Fichas Aprovadas-
Ir para: