Fairy Tail World RPG


Seja Bem vindo ao fairy tail World RPG!

Fairy Tail World RPG

O Mundo da Magia
 
InícioFT World RPGCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Ficha de Ares

Ir em baixo 
AutorMensagem
Ares
Magos Grimoire Heart
Magos Grimoire Heart
avatar

Mensagens : 21
Data de inscrição : 14/04/2013

Ficha Magica
Jewel (Dinheiro): Jewel (Dinheiro):: 900.000

MensagemAssunto: Ficha de Ares   Dom Abr 14, 2013 2:33 pm

Nome: Ares Archibald Bradley

Alcunha: Ares

Idade: 20

Raça: Mago

Local de Origem: Fiore - Magnolia Town

Família:Kayneth (pai), Sakura (mãe), Gin (irmão).

Aspecto Físico: Alto, medindo 1,75. Pesando 62kg. Cabelo escuro e sempre curto. Seu rosto está sempre coberto por uma máscara laranja em espiral, deixando apenas um buraco no seu olho direito. O corpo permanece coberto com uma malha escura e sempre tende a utilizar mantos longos e folgados. Para completar, um par de luvas do mesmo tom.

Spoiler:
 
Psicologia: Sempre mantém a calma, pouco sentimental.

Hobby: Analisar pessoas.

Ódios: Atos desnecessários, lutar contra o inevitável, sentimentalismo, cachorros.

Guilda: Grimmoire Heart

Equipe: (A preencher pelo Mestre da Guilda)

Magia Primaria: Kaen no Metsujin Maho  (Flame God Slayer)

Técnica Mágica: – Descrição:– Magia de evocação que também é uma magia perdida. Não se sabe ao certo se os magos adquirem esta magia através de Lacryma, ou foi um deus que lhe ensinou. Até agora, a segunda possibilidade é a menos provável. O elemento produzido por estes Slayers não pode ser devorado pelos Dragon Slayers em condições normais, e os God Slayer podem facilmente devorar o seu elemento produzido pelos Dragon Slayer. Em nível de poder, os God estão muito além dos Dragon, mas não se sabe ao certo quanto, pois os únicos que mostraram ter o poder, perderam ou empataram em batalha contra os Dragon Slayers. Mas, é certo que os feitços dos God de longe mais poderosos e mortíferos. A cor do elemento dos God Slayer é sempre negra, seja ele qual for.

Magia: Enjin no Hono (Chamas do Deus das Chamas)

Rank: C

Duração: 1 turno

Numero de Uso: Ilimitado

Tipo Mágico: Ofensiva

Descrição: Consiste na simples liberação de chamas negras á partir de suas mãos, sendo utilizadas para combate corpo-a-corpo contra inimigos.


Magia: Enjin no Dogo (Rugido do Deus das Chamas)

Rank: B

Duração: 1 turno

Numero de Uso: 3 vezes

Tipo Mágico: Ofensiva

Descrição: :  Enchendo sua própria boca de chamas negras enquanto cria um círculo mágico em sua frente, o usuário é capaz de lançá-la na forma de uma grande esfera na direção do seu alvo.


Magia: Enjin no Ken (Punho do Deus das Chamas)
Rank: B

Duração: 2 turnos

Numero de Uso: 5 vezes por batalha

Tipo Mágico: Ofensiva
 
Descrição: :  Concentrando uma grande quantidade de chamas em suas mãos, o usuário é capaz de “forrá-las” na forma de punhos fechados que ao tocar com o adversário, permanecerão queimando por um certo tempo.


Magia: Enjin no Kiri (Névoa do Deus das Chamas)

Rank: B

Duração: 1 turnos

Numero de Uso: 2 vezes a cada 3 turnos.

Tipo Mágico: Ofensiva
 
Descrição: : Liberando uma grande quantidade de chamas amontoadas pelo braço direito, o usuário é capaz de não só lançá-las mas também controlar sua trajetória.


Magia: Enjin no Ikari (Fúrias do Deus das Chamas)

Rank: A

Duração: 3 turnos

Numero de Uso: Cinco vezes por combate

Tipo Mágico: Suporte

Bônus: +20

Descrição: : O corpo inteiro do usuário é coberto por chamas negras com a largura de 1 m², não só lhe oferecendo uma melhor proteção contra ataques inimigos, mas também intensificando o poder de seus ataques fornecendo uma quantidade de chamas extra neles.


Magia: Enjin no Ogama (Alfanje do Deus das Chamas)  

Rank: A

Duração: 3 turnos

Numero de Uso: 1 vezes a cada 2 turnos.

Tipo Mágico: Ofensiva

Descrição: : Moldando as chamas, o usuário é capaz de formar uma gadanhas com o dobro de sua altura que ao ser balançada em direção ao inimigo, difere diversos cortes , mantendo as chamas acesas por um certo tempo.


Magia: Enjin no Kaihen (Desintegração do Deus das Chamas)

Rank: S

Duração: 1 turno

Numero de Uso: 2 vezes a cada 3 turnos.

Tipo Mágico: Ofensiva
 
Descrição: : Acumulando e liberando uma grande quantidade de calor de uma vez só, o usuário é capaz de criar uma supernova, cobrindo todas as direções em um raio de 20 metros em chamas, incluindo aliados.



Magia Secundaria: Betsu no Jigen (Outra dimensão)

Magia: – Descrição: O usuário é capaz de acessar outra dimensão distorcendo o espaço da que está, podendo fazer isso consigo mesmo ou objetos ao seu redor.

Magia: Mukei (Intangível)

Rank: A

Duração: 1 turno

Numero de Uso: 2 vezes a cada 3 turnos.

Tipo Mágico: Híbrido (Suporte/Defesa)

Bônus: 20

Descrição: : A intangibilidade se baseia no teletransporte de todo o corpo ou apenas uma parte separada para outra dimensão. Conforme o objeto se aproxima, no momento do toque, aquela parte do usuário é transportada para outra dimensão sendo preenchida pelo próprio objeto enquanto lhe atravessa, passando a impressão de que sempre esteve ali. Se cobrir todo seu corpo com um objeto suficientemente grande, como chão ou paredes, pode  desaparecer completamente escondendo seu poder mágico, criando o momento perfeito para emboscadas.


Magia:  Terepo (Teleporte)

Rank: B

Duração: 1 turno

Numero de Uso: 3 vezes a cada 4 turnos.

Tipo Mágico: Híbrido (Esquiva/Suporte)

Bônus: 15

Descrição: : Distorcendo todo seu corpo no espaço, o usuário desaparece por completo do local em que está, se movimentando pela outra dimensão e então surgindo na posição desejada ao voltar. Isso acontece pelo fato do tempo não se aplicar na dimensão que compartilha, deixando a impressão de que o teleporte é instantâneo. É capaz de levar uma pessoa com si caso esteja em contato.

Breve História: Sempre foram orgulhosos, ricos e bem sucedidos, os Bradley. Tentavam mostrar o seu valor acima dos outros, até mesmo nas coisas mais fúteis. Vivendo em uma ilusão de perfeição e soberania, principalmente seu irmão, Gin e seu pai Kayneth. Nunca teve uma relação próxima com sua mãe, Sakura, e diferente do seu irmão mais velho, herdeiro de tudo, não deu ouvidos aos ensinamentos e tradições dos Bradley e, portanto pagou caro por isto. Cada geração, vivendo igual à outra, tendo um herdeiro e um protetor. Aquele que carrega o primeiro título tem o dever de governar, aumentar e proteger as riquezas e sobre tudo, ser o mais forte.  Agora vem a pergunta: “E o protetor?” Uma simples função: Seguir o herdeiro. Sim, talvez em ordens deva protegê-lo mesmo sendo mais fraco.

Mesmo que Ares não quisesse seguir o caminho do aprendizado, acreditavam que ainda sim ele protegeria aqueles que lhe deram tudo. Não existia outro propósito para ele, afinal, o primogênito já estava em um nível tão avançado que seria o primeiro a vestir a "armadura mágica" – O maior legado já obtido. Aos catorze anos, passou por um processo doloroso com a fusão de uma lácrima em seu corpo. Era bem peculiar o método e ,severo, sem permitir resistência ou negação da “cobaia”. O mais interessante talvez seja de onde esta lácrima veio, já que de fato é confirmado que ela é um dos tesouros mais importantes já descobertos pelos Bradley pelo qual, conforme as histórias, o primeiro herdeiro sacrificou sua própria vida em uma barganha com um Deus, obtendo seu poder e a injetando nesta mesma lacrima.

Depois de recuperado do processo de infusão da lácrima começou a passar por treinamentos árduos e foi alienado do resto da sociedade. Fora do tempo que era ensinado como controlar seu poder era mantido preso em um quarto cheio de luzes, mesas caras e uma cama confortável. As únicas coisas que estragavam o ambiente era a falta de janelas e a enorme porta de aço cheia de símbolos que não conseguia entender. Trocaria tudo que estava ali dentro por uma brecha que fosse de qualquer outro lugar. A única pessoa que via era uma garota um pouco mais baixa de cabelos dourados e olhos esverdeados chamada Lyra que dizia ser sua prima mesmo não sendo parecida com ninguém que conhecia. Todos os dias, ela levava a comida e as necessidades de Ares, que podiam ser contadas nos dedos de tão poucas que eram. Cada mês se tornava mais forte e se aproximava mais daquela garota que lhe confirmava gradativamente que não era uma Bradley. A maneira que ela falava, suas reações, sua forma de pensar. Talvez ela tenha sido a única pessoa que algum dia permitiu que lhe interessasse em algo.

Dez meses se passaram e já sentia que a hora de voltar para a civilização se aproximava. A sala onde lhe forçavam lutar contra diversas criaturas ou passar por testes de resistência se tornava cada vez mais ridícula. A única coisa que o impedia de se liberar dessas correntes psicológicas era o único rosto que parecia conhecer agora. Ela definitivamente era uma prisioneira, assim como ele. Por causa disso, uma promessa foi feita. No dia em que Ares saísse livre o mesmo aconteceria com Lyra. Finalmente o dia chegou. Quando completou exatamente um ano desde que foi submetido à vontade de outros, Lyra entrou no seu quarto como sempre fazia. A única diferença eram as lágrimas no canto de seus olhos. Ela era seu teste final. Matar a única pessoa que criou um laço tão forte. As palavras saíram da própria garota. Ares não podia. Negava enquanto seus próprios olhos também lacrimejavam. Só então que percebeu a faca na mão de Lyra, erguendo lentamente e em passos leves caminhando em sua direção, tentando forçá-lo a tomar uma atitude, o que não podia fazer. Deixou a garota se aproximar e sobrepôs suas mãos sobre a dela, posicionando a faca para baixo. Agora tudo fazia sentido. Ela era dano colateral. Algo que sua família passou por cima para conquistar e a dela foi destruída. Essa era a intenção desde o começo. Uma demonstração do tipo de trabalho que lhe seria designado. Limpar “os rastros”.

Só precisou perguntar uma vez se estava correto para que a garota balançasse a cabeça enquanto se desfazia em lágrimas ajoelhando-se e largando a faca. Ares apenas permaneceu em pé, com os olhos arregalados e um intenso ódio expresso em seu rosto. A garota implorava pela morte, já havia desistido de viver. Fez o que deveria. Em um único movimento lhe abraçou e quebrou o pescoço. Não demonstrava uma lágrima no rosto, inibido de sentir qualquer coisa a não ser ira. No mesmo mento, um homem alto de cabelos escuros e olhos iguais aos seus, apareceu carregando uma máscara alaranjada com linhas em espiral guiadas até um buraco para seu olho direito. Disse para pô-la e que este seria seu novo rosto, sua identidade. Não abriu a boca. Apenas colocou-a e caminhou junto com o homem.  Seu treino havia terminado. Demorou pouco para que a notícia se espalhasse e todos gritassem e sorrissem perante o sofrimento que o garoto passou.

Era uma noite fria e calma quando todos estavam reunidos para ver o primeiro God Slayer da família. Parece que finalmente tinham conseguido criar o “herói” que queriam, um verdadeiro sucesso. O menino que havia passado despercebido até então, tinha se tornado tão famoso quanto seu irmão que acabara de se juntar a uma guilda chamada Fairy Tail. Risadas para todos os lados, orgulho e ganância... Era demais. Nunca amou ninguém ou teve intenção de protegê-los. O ano em que ficou exilado mostrou a ele seu único desejo que era a liberdade de fazer seu destino e devia isso a Lyra. Não serviria pessoas como aquelas, criando seu poder pisando em outros, então, sem delongas, fugiu daquele lugar levando apenas aquela máscara em seu rosto, era a única coisa que se negava abandonar. Não só por ser um item capaz de proteger seus pensamentos de serem lidos, mas também pelo que representava para ele. Um novo rosto para uma nova pessoa. Depois de tudo que foi “investido” nele, se rebelar era a mesma coisa que declarar guerra, o que não lhe abalava nem um pouco, afinal eles fizeram questão de ensiná-lo a não se apegar a nada ou ao sentimentalismo.

Nos seguintes dois anos estudou a magia por trás de seus ancestrais e descobriu um lugar nunca visitado por ninguém. Distorcendo o espaço, enviou acidentalmente seu corpo para outra dimensão. Vazia e escura. Qualquer um seria capaz de perceber que era um local diferente de qualquer outro e impossibilitado seu acesso a não ser por um Bradley. Para voltar, bastou distorcer o espaço novamente. O que Gin fazia com armas, ele era capaz de fazer com seu próprio corpo e até mesmo outros objetos. Mais um poder em suas mãos, mais uma arma ao seu favor.

Não tinha objetivo algum. Por incrível que pareça, não possuía sede de vingança. Talvez o que não esperava era ter sido observado nos últimos dois anos que estava escondido por nada menos do que o conselho mágico de Fiore. Por quê? Poder. Acreditavam que Ares poderia ser útil em função de sua Magia God Slayer, tão visada pelas Dark Guilds, por isso desejaram se aproximar. Ofereceram um acordo desnecessário que se baseava em protegê-lo de sua própria família. Aceitou, não por interesse na barganha mas sim no próprio conselho. Conhecido por manter a ordem entre as guildas. Isso era algo que poderia trabalhar, afinal, não buscava nenhum objetivo a não ser fazer o seu próprio destino. Adaptou-se bem em sua nova função. Por mais dois anos serviu como “olhos” do conselho mágico, espionando de longe outras guildas e seus combates. Tudo não passava de uma preparação para sua verdadeira missão que era se infiltrar em uma das guildas da Aliança Balam, a Grimmoire Heart.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Makkiu Campbell
Andarilhos
Andarilhos
avatar

Mensagens : 93
Data de inscrição : 11/04/2013

Ficha Magica
Jewel (Dinheiro): Jewel (Dinheiro):: 300.000.000,00

MensagemAssunto: Re: Ficha de Ares   Dom Abr 14, 2013 3:25 pm

Bem vindo ao Fairy Tail World RPG, Ares-kun. Como deves ter lido nas regras a magia que escolheste necessita de um teste de ação. Teste esse que te possibilitará até iniciar com um Rank superior ao D (no teu caso o pretendido é o A). O teste será avaliado por mim e há chance de falha, mas não te preocupes porque não é algo de outro mundo.

No spoiler abaixo segue um contexto segundo o qual deves fazer um post. Se cumprires com o solicitado de forma satisfatória, Rank e magia são teus.
Teste de ação:
 


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ares
Magos Grimoire Heart
Magos Grimoire Heart
avatar

Mensagens : 21
Data de inscrição : 14/04/2013

Ficha Magica
Jewel (Dinheiro): Jewel (Dinheiro):: 900.000

MensagemAssunto: Re: Ficha de Ares   Seg Abr 15, 2013 12:01 am

Sinceramente, por quê eu devo cuidar disso? Este não é o trabalho dos fracos que chamamos de "membros inferiores" nesta guilda? Não possuem utilidade alguma se não conseguem completar o que lhes é dado. Nunca tive paciência para tratar de assuntos que não envolvem um verdadeiro desafio. Se estiverem submetidos a nós, significa que estão em um nível mais fraco, ou seja, não tenho interesse algum neles. Mesmo assim, me falta escolha. Ordens do Hades-sama e ele sabe muito bem o meu nível de paciência para estes assuntos.

O sol brilhava naquele dia entedioso. Um de nossos aliados não pagou o valor que deveria. - A aliança Baram precisa apenas de poder para manter-se no topo, não do dinheiro. - Mesmo sendo meus pensamentos, tinha que seguir uma cadeia de comando. - Sou o mago mais poderoso e o mais azarado pelo jeito - Talvez a única coisa que me conforte seja o fato de transformá-los em cinzas e voltar com a desculpa de que negaram pagar. Continuei caminhando até a caverna onde o meu "alvo" estava e sinceramente, o lugar era péssimo para eles.


Não me incomodei em avisá-los que tinha chegado. Adentrei inspirando chamas apenas esperando o primeiro infeliz que aparecesse e não é que foi rápido?

- Você inútil. Sabe quem eu sou? - Teve apenas uma pequena fração de segundo para responder - Você é Zacrow! Um dos se- Tudo que eu queria ouvir ele já tinha dito. Aquele anão careca e de olhos azuis já se mostrava um perdedor por ser derrotado com apenas um soco meu. O único que eu deixarei completar uma frase será o Mestre, antes de ser morto. Com aquele pequeno "guarda" caído no chão, continuei seguindo. Meus pensamentos começavam a mudar sobre aquele dia. - Talvez eu ache algum divertimento hoje. Um mundo com menos fracotes é um mundo melhor - Não há o que se discutir sobre isso.


Quando finalmente cheguei ao final, todos estavam reunidos. Havia cerca de vinte magos, todos com medo em seus olhos. Eu tinha certeza de que tinham fugido de mim enquanto invadia cada vez mais o buraco que chamavam de base. - Zancrow-sama, pedimos perdão por não termos o dinheiro que falta ser pago. Prometemos 110% na próxima cobrança - O homem era velho e pálido, utilizando uma capa negra que forrava todo o seu corpo. Pelo seu maryoku, era o mestre. Não me contive. Levei minha mão até o meu rosto e comecei a gargalhar. Toda aquela situação era ridícula. Uma guilda fraca, sem nenhum jewel. Qual era a utilidade deles para nossa aliança na minha visão ou dos outros?

- Vocês são tão ridículos e fracos. Eu vim aqui para eliminá-los e depois inventar uma desculpa, porém, vocês deixaram as coisas mais fáceis. Se algum de vocês for capaz de me ferir, não só vou perdoar a dívida para aquela pessoa como também pouparei a vida, agora os outros... - Meu corpo inteiro começou a arder. A caverna tremia era coberto em chamas negras - ...Serão transformados em cinzas. - Continuei na mesmo posição esperando os corajosos avançar. Havia de fato uns cinco ou seis. Aumentei a intensidade do meu poder, expandindo sua área e consequentemente fazendo com que tivessem corrido para a morte. - Hahahaha! Idiotas! Acho que mudei de ideia! Não vou dar chance para ninguém, vou destruir este lugar com vocês! - A verdadeira batalha então começou.

Um mago de gelo formava uma espada e avançava em minha direção, de fato, havia escolhido o oponente errado. Facilmente transformei sua arma em água e então em vapor enquanto seu corpo caía em cinzas. Eles não queriam me dar tempo para pensar. Outros dois se aproximavam que a meu ver tinham uma áurea branca sobre seus punhos, acreditava ser um aumento de força enquanto isso, mais três estavam preparando um ataque em conjunto que não me interessava o que iria fazer. Minha boca enchia-se de chamas enquanto um círculo mágico surgia na minha frente.

- Enjin no Dogo! - A enorme esfera flamejante varria os oponentes como se nem estivessem ali e consequentemente terminava desestabilizando toda a caverna fazendo com que o teto e a parede cedessem aos poucos. - A única saída está atrás de mim e parece que estas malditas rochas vão fazer meu trabalho. Antes disso eu vou te queimar vivo. - Minha mão claramente apontava para aquele que deveria pagar mais caro pela incompetência e inutilidade da guilda. O mestre.

- Muito bem, se eu cair, será lutando. Prepare-se. - Tinha uma voz confiante enquanto removia aquela enorme capa revelando o corpo magrelo que tinha. - Tente me entreter pelo menos um pouco, "insetinho" - Ele parecia saber o que estava fazendo, mesmo com suas atitudes lhe entregando. Começou a flutuar, mostrando que era usuário de "Wind Magic". Quando finalmente chegou à altura desejada, cruzou seus braços fazendo que o ar dentro daquela pequena caverna começasse a girar em torno dele formando uma espécie de armadura. Agora eu entendia o que ele queria fazer. - Os destroços estão começando a cair cada vez mais rápido. Não me diga que pretende me enterrar com você e esses inúteis restantes? - A voz distorcida pela ventania chegava até meus ouvidos trazendo desgosto. - Já aceitei minha derrota e o sacrifício de meus companheiros porém não perdi a esperança em lhe tirar a vitória. Vamos ambos cair aqui! - Meus olhos se apertavam enquanto o sorriso esboçado no meu rosto começava a crescer cada vez mais. Aquela era uma das maiores besteiras que eu já havia escutado. - Você é tão idiota. O que valeria isso tudo se perder a sua vida? Vermes como você nunca deveria ter nos servido. - Já estava cansado. Por um momento tive prazer, agora era apenas fardo.

Coloquei minha palma esquerda um pouco abaixo do peito e a direita mais em cima, ambas coladas no meu corpo e viradas uma para a outra. Uma esfera de chamas negra se formava entre elas. - Desapareça - Ergui as mãos sobre a cabeça e então abaixei de novo rapidamente na direção do velho.

-Enjin no Kagutsuchi! - Uma bola flamejante era formada expandindo á partir de mim até onde estava o alvo. Realmente houve certa disputa quando ambas as magias debateram-se, mesmo que no fim inevitável minhas chamas prevalecessem consumindo tudo. Os inúteis ao redor que estavam sendo esmagado, o mestre e a própria caverna. Nada sobrou e a luta havia terminado. Na montanha de destroços que sobrou, ergui duas rochas saindo de dentro daquele buraco. - Ele realmente achou que eu seria soterrado. Desse jeito, vou ter que fazer mais "visitinhas" para estas guildas submetidas a nós. - Meu trabalho estava feito. Pagaram por não terem sido algo para a Aliança Balam a não ser problema. Era hora de voltar e arranjar algo ou alguém que realmente possa me enfrentar.



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Makkiu Campbell
Andarilhos
Andarilhos
avatar

Mensagens : 93
Data de inscrição : 11/04/2013

Ficha Magica
Jewel (Dinheiro): Jewel (Dinheiro):: 300.000.000,00

MensagemAssunto: Re: Ficha de Ares   Seg Abr 15, 2013 12:24 am

Apesar de uma pequena repetição no final e dois pequenos traços de pessoalidade, vi inegavelmente o personagem como o Zancrow da série, mas do que isso, vi a reação dele dentro da situação apresentada. Visto que não houve erro real e sim três pontos no post inteiro a melhorar, concluo, Ares-kun, que tua ficha, teu personagem está...




Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Ficha de Ares   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Ficha de Ares
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» [Ficha] - Sora D. Pierre
» Ficha - Lord Lucario
» ~ Como Atualizar sua Ficha ~
» [Ficha] Ryujin
» FICHA Aurora

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Fairy Tail World RPG :: Guildas das Trevas :: Grimoire Heart :: Ficha Mágica-
Ir para: