Fairy Tail World RPG


Seja Bem vindo ao fairy tail World RPG!

Fairy Tail World RPG

O Mundo da Magia
 
InícioFT World RPGCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 I see what tomorrow brings

Ir em baixo 
AutorMensagem
Narrador

avatar

Mensagens : 71
Data de inscrição : 28/11/2012

MensagemAssunto: I see what tomorrow brings   Seg Jul 22, 2013 4:15 pm


I see what tomorrow brings

 Famoso por sua fama de conquistador e amante das festas, Sin parecia estranho aos que o conheciam desde que assumira o posto de Mestre. Uki saíra tão repentinamente que os membros da Guilda sequer tiveram tempo de fazer uma festa de boas vindas, mas o fato do Ás da Fairy Tail não dar ele mesmo uma festa foi algo inesperado por todos.

Fazia já uma semana desde os acontecimentos em Oshibana e desde então o novo Mestre parecia trabalhar incansavelmente e não apenas para colocar em dia o trabalho que se atrasara com a saída de sua antecessora. A resposta de em que se empenhava tanto talvez viesse naquele convite para as Classe-S e todos os que estiveram na Estação comparecerem no último andar da Guilda, junto ao sino dourado, onde o próprio Sin, olhando o horizonte em direção ao mar, já aguardava.


Última edição por Narrador em Sex Jul 26, 2013 7:44 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ayame
Magos Fairy Tail
Magos Fairy Tail
avatar

Mensagens : 16
Data de inscrição : 19/07/2013

Ficha Magica
Jewel (Dinheiro): Jewel (Dinheiro):: 1 000. 000

MensagemAssunto: Re: I see what tomorrow brings   Seg Jul 22, 2013 4:43 pm

Meeting the idiot...
Já fazia algum tempo desde que tinha entrado naquela guilda problemática, e os acontecimentos que se deram após isso, foram rápidos e imprevisíveis. A anterior Mestra despediu-se - quer dizer -, foi-se embora sem se despedir, deixando Sin ao cargo de Mestre. Coisa inacreditável seria saber que Sin aceitou o cargo, mas isso não me surpreendeu quando eu soube que isso só aconteceu porque ele foi ameaçado de casamento. Gargalhei o quanto pude no silêncio da minha residência, sem que ninguém me visse, troçando do idiota mulherengo e festivo.

Faltei ao encontro em Oshibana, mas já tinha obtido informações acerca do encontro com dois seres estranhos que originara uma grande confusão. Não fora difícil descobrir isso, uma vez que a guilda sempre se manteve espalhafatosa como sempre fora anteriormente, desde o abdicar de Macao. Mas desta vez, quando a guilda fora convocada para o último andar - junto ao sino dourado -, decidi aparecer. Talvez intrigada pelo fato de não ter notado nenhum momento festivo da parte de Sin desde a sua possessão pelo cargo, ou talvez por o conhecer bem demais para saber que algo não estava bem - ou que ele tramava alguma coisa.

Quando cheguei ao cimo das escadas, visualizei-o de costas, muito silencioso, como quem está perdido na paisagem à sua frente. Esbocei um sorriso minúsculo e caminhei, aproximando-me cada vez mais, com os braços cruzados à frente do peito. Posicionei-me ao lado dele, vendo o que ele via e inspirei o ar puro de Fiore.

- Então, o que se passa? - perguntei numa voz estranhamente grave para uma mulher.

Oh how wrong we were to think immortality meant never dying...

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kurama Yoko
Magos Fairy Tail
Magos Fairy Tail
avatar

Mensagens : 24
Data de inscrição : 17/05/2013
Idade : 33

Ficha Magica
Jewel (Dinheiro): Jewel (Dinheiro):: 110.000

MensagemAssunto: Re: I see what tomorrow brings   Ter Jul 23, 2013 12:08 pm

Eu recebi o convite com um certo alivio no coração. Apesar de não comentar abertamente, eu já estivera com o mago que agora era o mestre da fairy tail, na ocasião lutamos contra aqueles contrabandistas de criaturas mágicas.
Rangi os dentes com a lembrança e desejei ter feito bem mais estragos da ocasião. Curiosamente, meu poder permanecia inalterado em relação ao passado e aquilo me deixava irritado: Se mamãe me visse estagnado assim, me daria uma bela de uma mordida.
Caminhei até o último andar da guilda pensando em quadriplicar minhas atividades e treinos, e cheguei até lá com ar bem distraido.
-Então, o que acontece aqui, Master Sin?
Apesar da aparente distração, eu estava atento e vi a outra maga ali presente, embora não a tivesse cumprimentado verbalmente fiz um aceno com a cabeça e um gesto de "legal" com a mão direita.


___

 Agora,Deixe-me Mostrar O Motivo De Ser Conhecido Como Majin Ryuu.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Akua Varimatra
Magos Fairy Tail
Magos Fairy Tail
avatar

Mensagens : 11
Data de inscrição : 08/05/2013

Ficha Magica
Jewel (Dinheiro): Jewel (Dinheiro):: 100.000

MensagemAssunto: Re: I see what tomorrow brings   Qua Jul 24, 2013 6:48 am

 Sobrevoava os céus de Magnolia, juntamento com o Rakkiti. O meu Sin-chan trocou-me as voltas! Era para ir ter com ele a Oshibana, e quando chego lá, nada. Só destruição, e nada do Sin-chan... Espero que ele não tenha estado com outras garotas...

Ao ter lembranças menos boas... Ver garotas agarradas ao Sin-chan... Comecei a puxar as penas do Rakkiti-san... Ele guincha em agonia, trazendo-me de volta à realidade.

-Ah... Rakkiti-san, desculpa!

Dizia com um sorriso torto...

-Ah... Bem... Vamos para a Guilda. O Sin-chan está à nossa espera.

Logo, com uma velocidade extrema, o Rakkiti-san voou em direcção da Guilda. Aterrou no telhado mais abaixo do sino, o que me deu uma perpectiva aceitável sobre o Sin-chan...



-Sin-chan... ahhhhhh!

Mas, ele não estava sozinho... Uma garota... A Ayame!... Espero que ela não se aproveite dele! E... Quem é a outra? Só vejo longos cabelos brancos...... Uma garota Nova? Namorada? Noiva?

Fletindo as minhas pernas, para ganhar impulso, num só salto cheguei à beira dos meus colegas de Guilda, e a estranha garota de cabelos brancos....

-Sin-chan! Quem é essa vadia? Namorada?

Dizia furiosa, sem me perceber que na realidade... Era um rapaz...

-É a tua noiva, não é? Arranjas-te outra além de mim, não foi?

Dizia agora, com desespero... Peguei num lenço, e comecei-o a morder...

-Sin-chan! Pensei que iamos ficar juntos para sempre!

Deixando cair o lenço, saltei para o meu amor, tentando abraça-lo...


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kurama Yoko
Magos Fairy Tail
Magos Fairy Tail
avatar

Mensagens : 24
Data de inscrição : 17/05/2013
Idade : 33

Ficha Magica
Jewel (Dinheiro): Jewel (Dinheiro):: 110.000

MensagemAssunto: Re: I see what tomorrow brings   Qua Jul 24, 2013 10:38 am

Citação :

 Fletindo as minhas pernas, para ganhar impulso, num só salto cheguei à beira dos meus colegas de Guilda, e a estranha garota de cabelos brancos....

-Sin-chan! Quem é essa vadia? Namorada?

Dizia furiosa, sem me perceber que na realidade... Era um rapaz...

-É a tua noiva, não é? Arranjas-te outra além de mim, não foi?

 Aquelas palavras faziam todo o encanto pela chegada daquela pessoa dos céus desaparecer.
Eu cerrei meus punhos e aproximei me tão rápido quanto me era possivel. Pelo cheiro, não sentia hostilidade vinda da garota então não iria ataca-la. Apenas encarei-a.
-Teus modos não são muito bons. é chato ter o sexo confundido,sabia? Sou Kurama Yoko,recém admitido na fairy tail. de minha parte,é um prazer.
Estendi-lhe a mão, mesmo a contra-gosto,apesar da ofensa, se ela era amiga do master ou talvez algo mais,eu devia ser...como Glacyne disse "gentil"


___

 Agora,Deixe-me Mostrar O Motivo De Ser Conhecido Como Majin Ryuu.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sin
Master Fairy Tail
Master Fairy Tail
avatar

Mensagens : 33
Data de inscrição : 19/04/2013

Ficha Magica
Jewel (Dinheiro): Jewel (Dinheiro):: 300.000.000

MensagemAssunto: Re: I see what tomorrow brings   Qua Jul 24, 2013 11:57 am

Eu bem queria ter passado a semana apenas lidando com o trabalho que acabou ficando atrasado com a saída de Uki, mas na verdade aquilo fora algo fácil de se lidar. O que realmente me preocupava era o acontecimento em Oshibana. Não houveram feridos do nosso lado nem entre as pessoas que estavam na estação. Pelo menos não um ferido com gravidade, mas aqueles dois magos disseram ser membros de elite da Grimoire e tinham poder para isso. A intervenção do comando da aliança em uma disputa territorial me tirou o ânimo até para festas. 

Tentei me iludir, acreditar que eles apenas estavam tentando nos intimidar ao dizer aquilo. Contatei meus conhecidos dos tempos de antes da Fairy Tail, pedi informação sobre uma maga apequenada, de cabelos rosa e que usasse sangue e sombras. O resultado era o que eu esperava, eles não haviam mentido e para estarem lá só poderia significar que de alguma forma o equilíbrio em Balam estava sendo afetado. Era uma chance para destruir a aliança, mas curiosamente era também uma das piores coisas que poderiam acontecer.

Ou uma nova força estava surgindo no submundo ou a própria aliança guerreava entre si e só pelo confronto em Oshibana, que acreditem, foi de pequeníssima escala, era possível dizer que as Dark Guilds não exitariam em se enfrentar em uma cidade. Uma verdadeira guerra civil parecia se armar e isso considerando só o que eu sabia. Talvez a situação fosse muito pior, se considerarmos que algo se tornou grande o suficiente para abalar um acordo de não agressão com décadas de existência. Era preciso agir, era preciso proteger a minha família e por isso esqueci um pouco de festas e trabalhei em preparar tudo o que era necessário a um Encontro de Mestres extraordinário. Uma guerra estava chegando e eu poderia não saber nem porque nem quem lutará nela, mas que estava prestes a trazê-la mais rapidamente eu tinha certeza.

- Será que é a coisa certa? Será? Será que apenas não estou atraindo mais perigo para a minha família? Ou será que de qualquer forma já estamos correndo todo o perigo possível e estou apenas nos dando uma chance de lutar? Eu me questionava quando comecei a ouvir os primeiros passos.

A voz de Ayame me soou estranhamente nostálgica e não apenas porque fazia tempo desde que tínhamos nos visto. Era como se nossas semelhanças a fizesse me lembrar de todo o meu passado e tinha aquela estranha sensação de que agora não era mais ela que estava cuidando de mim. Em outras ocasiões eu a teria recebido com um sorriso e um abraço, a arrastado para uma festa ou algo assim, e ela sabia tão bem, me conhecia tão bem, que se aproximou logo perguntando o que estava acontecendo.

- Você realmente me conhece, não é? Perguntei abaixado a cabeça e fechando os olhos em um pequeno sorriso. Eu tinha passado por muita coisa com ela e com os outros Rank-S da época de Macao. Se apurar um pouquinho os olhos e ouvidos vai notar que os outros dois já estão chegando.

Os sons dos passos tornaram-se mais altos até o jovem Kurama entrar perguntando o que acontecia e devo dizer que foi estranho ser chamado de "Master Sin". Logo depois o ponto negro que era o corvo de Akua foi ficando cada vez maior no horizonte, até que ela finalmente pousasse no telhado abaixo do piso onde estávamos logo tendo um ataque de ciúmes e... Confundindo Kurama com uma mulher? Oh, cara... E ela ainda fala de N... N-no... Noiv... N-noivad... Enfim, vocês entenderam do que ela falou para logo depois tentar pular em cima de mim que fora do clima para isso me agachei deixando-a passar direto.

- Gin está junto a uma comissão da Guilda responsável por Fantasia organizando um evento importante, devido às sucessivas mudanças de endereço não sabemos a localização de Mika nem conseguimos entrar em contato com ela e Roy me avisou que faria uma viagem para treinamento de forma que todos os convocados estão aqui. Comecei me levantando enquanto Kurama se apresentava. Era melhor pular essa parte então... Talvez você não as conheça, Kurama, mas estas são minhas colegas... É, eu ainda não estava acostumado a ser mestre. Ex-colegas Classe-S, Ayame Nightshade e Akua Varimatra. Disse usando minha mão direita para apontar cada uma respectivamente.

Agora eu já não mais fitava o horizonte e sim meus companheiros de Guilda. A única família verdadeira que eu já tinha conhecido na vida. Secretamente desejei com todas as forças que nada demais acontecessem com eles em meio a tudo aquilo que estava por vir por causa do meu pedido. 

- Acredito que todos aqui a essa altura estejam cientes do que aconteceu em Oshibana então vou ser direto: dois Parentes do Purgatório realmente atacaram a Estação que no submundo representa uma importante rota de contrabando e existem apenas duas causas possíveis para isso. Comecei sério, de uma forma que eles só deveriam lembrar ter me visto em combate. Ou  a Aliança Balam está travando uma guerra interna ou com alguma força que a está desafiando. 

Uma guerra interna era a pior situação, era o que eu temia por não fazer uma ideia boa do que a poderia causar e era o que o meu instinto de azarado dizia que estava acontecendo. Eu só queria estar errado. Eu só quero estar errado.

- Em todo caso há um conflito e se o Reino não estiver preparado para lidar com as piores consequências dele cidades inteiras podem acabar envolvidas no fogo cruzado. Por isso eu fiz os preparativos para uma reunião extraordinária entre os Mestres da região, para levar minhas suspeitas ao Conselho e conseguir atenção da realeza assim. Até parecia que eu estava enrolando, mas eu precisa deixá-los cientes de tudo, afinal eles iriam dizer isso por mim. Porém, para fazer essa reunião acontecer eu preciso do apoio de ao menos dois outros Mestres e provavelmente as Dark Guilds anteciparam meu pensamento então mensagens a distância seriam interceptadas. 

Tratei de deixar a situação bem clara e agora, agora vinha a parte difícil. Estranho que eu nunca me incomodei em receber esse tipo de ordem, mas me sentia fora de mim ao dá-las. Bem, eu tive anos para fugir dessa responsabilidade e estava ali, não é?  

- Preciso que digam o mesmo que eu disse a vocês para a Mestra da Lamia Scale, mas antes de aceitarem ou não o meu pedido entendam que aceitar essa tarefa significa ir de encontro a Dark Guilds, talvez membros de elite da Aliança. Eu não podia parar ali. Não podia simplesmente esconder até onde eu tinha planejado tudo aquilo. Não para a minha família. O conflito certo é também a prova circunstancial impossível de ignorar da qual precisamos, mas não quero simplesmente usá-los como isca. Pensem por vocês mesmos e decidam por vocês mesmos se irão aceitar essa tarefa ou não. 

Kurama poderia não ser tão forte quanto as duas, mas tinha uma habilidade rastreadora de longe superior e isso seria essencial para evitar a maioria dos inimigos além de armadilhas. Akua era uma equipe por si mesma e Ayame era, depois de mim, provavelmente a Maga Oficial que melhor conhecia o modo de agir do submundo. Sem dúvidas o time perfeito para a tarefa, mas eu não os forçaria a coisa nenhuma.



_
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kurama Yoko
Magos Fairy Tail
Magos Fairy Tail
avatar

Mensagens : 24
Data de inscrição : 17/05/2013
Idade : 33

Ficha Magica
Jewel (Dinheiro): Jewel (Dinheiro):: 110.000

MensagemAssunto: Re: I see what tomorrow brings   Qua Jul 24, 2013 1:15 pm

Nem sequer a garota tinha me respondido e o mestre iniciou as apresentações, e em seguida  nos a par dos acontecimentos.
Eu já tinha noção de que aqueles magos na estação eram barra pesada,mas Elite de dark guild? era um mundo completamente afastado do meu. Eu tremi, obviamente não pelo frio que não me afetava, mas por temor. Ali se encontravam o mestre da fairy tail e suas ex-colegas rank S, e não tinham estimativas boas. O que faria um jovem como eu ali? Com meu poder eu era uma fraca luz em meio a uma tempestade.
Perdi-me em meus pensamentos e meu poder mágico ativou-se inconscientemente espalhando o frio do dragão do gelo pelo local. Me senti sufocar e então escutei um urro avassalador.
Sim, Eu estava cercado por seres poderosos e minha missão envolvia enfrentar inimigos igualmente poderosos, mas eram humanos. com um pouco de azar, demônios e outros seres mágicos. não era tão aterrorizante quanto ter vivido e sido criado por um dragão.
Me reestabeleci-me e com uma mesura,cancelei meu poder mágico sorrindo.
-Por mim,tudo bem.quando partimos?


___

 Agora,Deixe-me Mostrar O Motivo De Ser Conhecido Como Majin Ryuu.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Akua Varimatra
Magos Fairy Tail
Magos Fairy Tail
avatar

Mensagens : 11
Data de inscrição : 08/05/2013

Ficha Magica
Jewel (Dinheiro): Jewel (Dinheiro):: 100.000

MensagemAssunto: Re: I see what tomorrow brings   Qua Jul 24, 2013 4:04 pm

 O Sin-chan agachou-se, fazendo-me passar por ele, e por um triz não cai da torre! ... Ah... Não que isso me fizesse mal, visto que tinha o Rakkiti ali perto, além de eu própria ter resistência suficiente para aguentar com uma queda daquela altura... Mas...

-Ah...

Comecei a coçar a cabeça, com um sorriso torto...

-Ele... É homem...

Kurama, se ouvi bem. Deve ser o Dragon Slayer que ouvi falar. Não o conhecia. Fiz uma pequena vénia em sinal de desculpa, enquanto ouvia o que o Sin-chan tinha para dizer.

---

Bem, parece que o objectivo é falar com a Lamia-chan. Kakakaka! É um bom trabalho de isca!

-Sin-chan, eu aceito ir. Por dois motivos: com o Rakkiti, tenho a maior probabilidade em alcançar a Lamia-chan, podendo facilmente evitar inimigos. Em segundo lugar...

Olhei seriamente para ele...

-Não gosto de te deixar sozinho com garotas.

Depois, aproximei-me do Kurama-san. Eu era relativamente alta. Talvez cerca de 1,90m. Anormalmente alta para uma mulher, mas meu sangue não era só humano.

-Kurama-san, tua ajuda seria-me essencial, e se o Sin-chan não se importar, que eu sei que não se importa, não é? Virás comigo!

Debrucei-me sobre o jovem pelas suas costas, colocando o meu braço esquerdo sobre o seu ombro. Depois, sossorrando, disse-lhe...

-... Tu és bonito... Bonito demais para homem... Vou manter-te debaixo de olho! O Sin-chan é só meu!

Depois, com um sorriso malandro, coloquei-me no parapeito da torre, olhando para o Rakkiti.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kurama Yoko
Magos Fairy Tail
Magos Fairy Tail
avatar

Mensagens : 24
Data de inscrição : 17/05/2013
Idade : 33

Ficha Magica
Jewel (Dinheiro): Jewel (Dinheiro):: 110.000

MensagemAssunto: Re: I see what tomorrow brings   Qui Jul 25, 2013 10:19 am

Eu já tinha segurado o riso quando a investida da mulher estranha que o master apresentou como Akua falhou. Também já me habituara ao cheiro das duas e do animal ali perto. Inclusive já tinha desculpado a embaraçosa confusão sobre meu sexo. Não me importei quando fui "abraçado" amigavelmente, Mas tudo isso de nada importava agora.
As palavras da maga eram incoerentes e irritantes, e mesmo seu status como Rank S não me deixava a vontade com tal escarnio, cerrei os punhos novamente e avançei contra a mulher. Eu era quase um palmo mais baixo que ela(1,84m) e a puxei com toda a força que tinha,o bastante para chamar-lhe a atenção. mas diferente dela, não tinha vontade ou controle o bastante para sussurrar ou mesmo falar baixo, minha voz saiu bem mais alto que o natural,embora não fosse um grito real.
-MULHER DOIDA!NÃO ENTENDEU AINDA?EU SOU HOMEM.NÃO TENHO INTERESSE ALGUM EM OUTROS HOMENS.E SE CONTINUAR A ME INSULTAR,JURO POR GLACYNE QUE TERÁS QUE RESPONDER EM COMBATE!!!
Meus olhos faiscavam de tanta raiva e tensão, e por um momento esqueci-me que estava na presença de outras pessoas


___

 Agora,Deixe-me Mostrar O Motivo De Ser Conhecido Como Majin Ryuu.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ayame
Magos Fairy Tail
Magos Fairy Tail
avatar

Mensagens : 16
Data de inscrição : 19/07/2013

Ficha Magica
Jewel (Dinheiro): Jewel (Dinheiro):: 1 000. 000

MensagemAssunto: Re: I see what tomorrow brings   Qui Jul 25, 2013 5:29 pm

Complications arrived...
Os meus olhos desviaram-se ligeiramente para o olhar de esguelha e pude notar alguma mudança numa expressão séria, um pequeno sorriso já conhecido. Entretanto, pareciamos ter sido interrompidos no início da conversa com a chegada de outro ser, cuja magia poderia ser sentida por mim mesma facilmente. Acenei a cabeça quando ele me informou justamente disso; da chegada de outros dois.

Dirigiu-se a Sin com uma informalidade formal - se é que é possível descrever-se assim - e fizera um gesto - estranho a meu ver - que me pareceu uma forma de cumprimento para mim. Não mexi um único dedo e voltei as costas uma vez mais para a paisagem. Mas as coisas estavam apenas a começar a ficar mais interessantes quando uma stalker psicótica, muito temperamentada no que toca ao Sin, chegou em cima de uma criatura que me despertava um certo gosto que eu definitivamente não tinha por nenhum dos outros presentes.

- E aqui vamos nós... - sussurrei entre dentes, revirando os olhos para cima e esboçando um meio-sorriso maligno e divertido, justamente quando o ataque de ciúmes de Akua começaria.

Olhei para trás, fixei o que chegara anteriormente para ter a certeza que tinha percebido se tratar de um rapaz e que era ela quem estava errada. Para nenhum espanto meu, era realmente um rapaz. Inspirei fundo e poisei uma mão sobre a minha própria testa, abanando a cabeça enquanto suspirava uma única vez. Ela era tão cega que nem sequer reparara tratar-se de um homem.

A minha atenção desviou-se para Sin quando ele começou a falar daqueles assuntos complicados daquele mundo mágico acerca de outros convocados. Não era interessante, confesso, não me importava se eles tivessem morrido, sido comidos, entrado em coma... Para mim, era totalmente indiferente. E então, ele quis apresentar-nos, ditou o meu nome, ditou o nome de Akua, e eu já sabia o dele pois ele fizera questão de o ditar num ataque de nervos por ter sido confundido por uma garota.

- Nenhum prazer em conhecê-lo. - disse simplesmente, naquele tom claramente trocista e arrogante que era costume em mim.

Comecei a magicar na minha cabeça várias formas de provocar a Akua - era sempre divertido vê-la roer-se e morder-se por dentro de raiva -, no entanto, o tom sério de Sin (acreditem, eu ainda continuo a achar que ele está a tramar alguma, este tom sério é só para enganar), chamou-me toda a atenção e eu permaneci quieta e calada.

Quando começou a comentar acerca de mensagens para outros Mestres de modo a conseguir os apoios deles, eu compreendi logo que esse trabalho seria deixado para nós - se bem conhecia o Sin. Para minha desilusão, foi isso mesmo que aconteceu. Descruzei os braços após ter fechado os olhos e elevei-os no ar, entrelaçando os dedos na minha nuca.

- Tch, não faça parecer que não está querendo dar uma ordem, quando você sabe que não podemos recusar, idiota. - comentei indiferente, ainda que um pouco sentida, visto odiar ordens.

Senti um poder mágico dentro da sala a fazer-se uso e fora quando abrira os olhos e elevara o queixo para cima que fitei o tal Yoko enrolado em gelo. Com que então, magia do tipo gelo? Não me surpreendeu em nada, que desilusão. Já ouvira falar antes num Dragon Slayer dentro da Guilda - quem sabe se não tinha outros tantos -, mas pensei que o poder desses que se intitulam Dragon Slayer fosse algo por ali além... Bom, por enquanto, o garoto não aparenta ter nada de especial, mas talvez me trouxesse uma surpresa ou duas mais tarde.

subitamente, pude ver uma Akua atiradiça em ação - e eu que pensava que ela só tinha aquele olhar para com o Sin. Deplorável, mas a escolha era dela. No entanto, diverti-me um pouco com a reação do rapaz-dragão, provavelmente sem a mais pequena ideia do que estaria a causar.

- Calado, está me dando dor de cabeça. - avisei, num tom bastante sério, quase como se eu o estivesse a ameaçar, e a verdade, é que ele estava mesmo a tornar-se irritante.

Voltei a cabeça para Sin, ainda estava desacreditada da mudança subita dele de festiva para séria.

- Mais alguma coisa, Sr. Master? - questionei, com uma ponta de sarcasmo na minha voz.

Oh how wrong we were to think immortality meant never dying...





The God of dreams smiles elegantly and questions Death
The chains of causality controlling space 
And time begin to get tangled
It's a fantasy program given by God
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Akua Varimatra
Magos Fairy Tail
Magos Fairy Tail
avatar

Mensagens : 11
Data de inscrição : 08/05/2013

Ficha Magica
Jewel (Dinheiro): Jewel (Dinheiro):: 100.000

MensagemAssunto: Re: I see what tomorrow brings   Qui Jul 25, 2013 7:26 pm

Citação :
-MULHER DOIDA!NÃO ENTENDEU AINDA?EU SOU HOMEM.NÃO TENHO INTERESSE ALGUM EM OUTROS HOMENS.E SE CONTINUAR A ME INSULTAR,JURO POR GLACYNE QUE TERÁS QUE RESPONDER EM COMBATE!!!

O garoto estava nervoso, e com os seus berros, eu apenas limitei-me a bocejar, enquanto fazia sinal ao Rakkiti para não ficar nervoso.

-Garoto... Kurama-san... Se ficas nervoso por eu dizer isso, é porque nem tu tens a certeza do que és!

Disse num tom provocador, mas no entanto com um ar bastante sério. Aquele frio que ele liberava não me incomodava. Mas, era sem dúvida um pouco irritante. Mas...

-Uhm...

Por mais que olhe para o garoto, não vejo isso! Porque não me sinto bem em tê-lo perto do Sin-chan?... Sem dúvida que levá-lo comigo seria perfeito, mas...

Olhei de relance para a Ayame-chan... Uhm... Será?

-Ahum... Ayame-chan!

Disse num tom melodioso...

-Visto que hoje pareces mais carrancuda, não quererás tu levar o Kurama-san em tua companhia? Eu até ficaria com ele... Desde que ele não fique com o Sin-chan... Mas temo que a Duriel-sama o veja mais do que um companheiro...

Ainda num tom melodioso, a rondar a Ayame, tentava convencê-la a ficar com o pequenote.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kurama Yoko
Magos Fairy Tail
Magos Fairy Tail
avatar

Mensagens : 24
Data de inscrição : 17/05/2013
Idade : 33

Ficha Magica
Jewel (Dinheiro): Jewel (Dinheiro):: 110.000

MensagemAssunto: Re: I see what tomorrow brings   Qui Jul 25, 2013 10:15 pm

Aquilo já tinha me irritado o bastante. uma das mulheres já tinha me tratado com desdém e a outra não parava com aquela piada sem graça.
Pensei em cumprir minhas palavras e ataca-la, mas simplesmente suspirei.
-achei que os rank S seriam menos imbecis...
Me afastei dali,mas sem sair.
-Ayame-senpai...ameaças não me assombram então se estou irritando-a sem sequer dirigir-lhe a palavra, problema seu. ou faz algo a respeito,ou acostuma-se. Akua-senpai...sei bem quem sou e o que sou,só gostaria que nossa tarefa não fosse tão desagradavel com suas palavras.a proposito,sendo tão esperta,como ainda não notou que Master Sin pretende que nós três juntos realizemos a missão?o que ainda não compreendi é...
Faço uma pequena pausa e me viro para o mestre.
-porque eu tenho que juntar-me a essas loucas,Master Sin?se a missão depende de poder,o delas basta. Se for apenas um recado,eu sozinho levantaria menos suspeitas. então imagino,o que ainda não contou?


___

 Agora,Deixe-me Mostrar O Motivo De Ser Conhecido Como Majin Ryuu.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sin
Master Fairy Tail
Master Fairy Tail
avatar

Mensagens : 33
Data de inscrição : 19/04/2013

Ficha Magica
Jewel (Dinheiro): Jewel (Dinheiro):: 300.000.000

MensagemAssunto: Re: I see what tomorrow brings   Sex Jul 26, 2013 1:44 pm

Sabe aquilo que dizem sobre certas coisas nunca mudarem? Bem, eu estava convicto  de que isso era verdade há muito tempo e aquela reunião parecia querer provar isso novamente. Akua continuava uma ciumenta exagerada, Ayame uma tsundere incurável e o Kurama um garoto extremamente apegado à lembrança de sua mãe dragão. Parte da minha família. A família da qual eu me lembrava e que eu escolheria mil vezes mesmo podendo escolher qualquer outra, até famílias reais. A família que eu estava começando arriscar em meu plano apenas para tentar protege-la. Paradoxal, não?

Como eu esperava cada um deles à sua maneira aceitava ao meu pedido e fazia suas próprias interpretações. Confesso que aquilo me enchia de orgulho e inveja ao mesmo tempo. Bem que eu gostaria de partir para o campo e lutar eu mesmo, de correr os riscos eu mesmo, mas agora a minha função era outra e o sarcasmo de Ayame fazia questão de lembrar isso. Respondi-a com um sorriso dando algum tempo para que os outros dois se resolvessem por conta própria e para constar que fique bem claro e registrado aqui que eu nunca mais tenha essa maravilhosa ideia brilhantemente idiota.

Ver eles discutindo me lembrava da fama da própria Fairy Tail de Guilda animada e cheia de pessoas com seus fardos e loucuras, mas acima de tudo me lembrava de um bando de crianças. Ora, francamente, estão prestes a sair em equipe para uma missão de alto risco e por pura falta limites estavam minando as relações interpessoais! Akua tirando a paciência de Kurama com provocações sobre o sexo do rapaz que na pressão acabava não aturando o jeito naturalmente rude da outra Classe-S agir e falar. Já não sabia se naquele momento eu entendia porque Uki me colocou para ser Mestre ou porque ela deixou de ser Mestre. Ah, era tão mais fácil poder deixar a briga rolando e simplesmente sair de perto... Saudades desse tempo. Mas chega de nostalgia. Controlar e guiar os magos era a minha missão contante agora e felizmente eu não era o único a agir racionalmente ali. O mais inexperiente dos presentes fora o primeiro a tomar uma ação sensata voltando à questão da missão. Uma ajuda bem vinda que me poupava o esforço de ter que chamar atenção por conta própria.

- Fico feliz que finalmente tenham decidido agir com maturidade. Olhei para todos com um rosto anormalmente inexpressivo. Kurama, Ayame costuma falar assim mesmo, mas ela é um companheira de confiança então procure manter e calma e não se ofender com ela. Disse acenando com a cabeça na direção do rapaz, em tom de advertência. Já você, Akua, é grandinha mais do que o suficiente para ficar com essas provocações com os mais jovens. Esperava um comportamento mais maduro de você. Tente não me decepcionar mais daqui para a frente.

Não sei qual efeito a advertência teve em cada um, não em um primeiro momento, mas me deu todo o silêncio que eu precisava para responder às questões do Dragon Slayer. Eu realmente tinha deixado os detalhes da operação para depois. Considerei mais importante ouvir a decisão dos meus companheiros.

- Como eu disse antes, aceitar essa tarefa significa ir de encontro às Dark Guilds. O confronto com o inimigo é certo e devemos considerar a possibilidade de haver inimigos com habilidades de longo alcance. Falei deixado para trás o tom de repreensão e a própria razão para repreender. Viajar sem companhia ou em Rakkiti pode significar torná-los alvos indefesos por isso vocês devem partir no próximo trem com destino a Hargeon  e de lá seguir a pé para a Lamia Scale. 

Por um instante eu havia me esquecido de quão séria era a situação, de como deveríamos considerar as piores possibilidades. No final das contas eu tinha realmente me tornado em alguém de fato muito bom em usar os outros. Talvez eu sempre tenha sido e só agora estivesse me dando conta.

- Kurama, como Dragon Slayer você tem capacidades de rastreamento superiores às de qualquer membro da Guilda e eu mesmo  testemunhei sua aptidão com caça portanto você é o mais indicado para a indispensável função de identificar a aproximação de inimigos e a presença de armadilhas. Ao mesmo tempo tanto Akua quando Ayame são excepcionais em combate, sendo as mais indicadas para carregar a informação. Expus quase metódico as razões de minha escolhas, aproveitando-me da não interrupção. As passagens já estão prontas e a formação deve ser liderada por ele. Não parem por nada e caso não consigam se dar bem ao menos não discutam pois do contrário serão encontrados por mais inimigos e não preciso lembrar quanto isso seria problemático.  

Eu poderia ter dito ali algo como "estão dispensados" ou "vão agora mesmo", mas tinha certeza que eles sabiam que não poderiam perder tempo, uma vez que sairiam no próximo trem. Mais do que isso, eu não queria tratar aquilo como ordens e sim como instruções que eles escolheriam ou não seguir, apesar de que pelo jeito que cada um ali tinha de ser não era como se eles realmente fossem contrariar o que eu dizia naqueles termos. Eu não precisava falar para que eles soubessem que eu era mais forte e experiente em todos os aspectos de combate. Todos ali tinham me visto lutar, me conheciam em campo de batalha.

- Eu sei que é minha função de Mestre assumir as responsabilidades por qualquer problema os envolvendo, mas tenham certeza que cuidarei disso e me desculpem por não poder cuidar disso pessoalmente. Até eu conseguia ver meu semblante aliviado e quase melancólico. Confio em vocês e voltem em segurança.

Retirei-me então com aquele meu desejo sincero. O mais forte que eu poderia sentir. Muito maior do que aquele que qualquer mulher ou qualquer batalha me poderia jamais despertar. A ideia de algo acontecer com eles me incomodava terrivelmente e se acontecesse então que a Aliança Balam se cuidasse porque eu não me importaria em esmagá-los sozinho se necessário. Custando minha vida ou o que fosse


_
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kurama Yoko
Magos Fairy Tail
Magos Fairy Tail
avatar

Mensagens : 24
Data de inscrição : 17/05/2013
Idade : 33

Ficha Magica
Jewel (Dinheiro): Jewel (Dinheiro):: 110.000

MensagemAssunto: Re: I see what tomorrow brings   Sex Jul 26, 2013 2:29 pm

Eu escutava o que o mestre dizia sem me voltar para as rank S. era óbvio que se enfrentasse uma dark guild, seria melhor ter as duas do lado,do que contar com somente minha própria força.
Não me importava mais com aquelas mulheres, se era preciso as aturaria como possivel. Já tinha me acalmado,quando ouvi aquelas palavras.

Sin escreveu:
vocês devem partir no próximo trem com destino a Hargeon  e de lá seguir a pé para a Lamia Scale. 
Minha expressão mudou na mesma hora. Aquilo sim era um problema para mim.

Ainda assim não interrompi e deixei que o mestre terminasse. Estava de muito mau humor.
Olhei em volta rapidamente procurando algo para extravazar a raiva. Como não encontrei, sai chutando o ar e nem sequer disse tchau ou certo,para o mestre.
A viagem seria muito, muito longa.


___

 Agora,Deixe-me Mostrar O Motivo De Ser Conhecido Como Majin Ryuu.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Akua Varimatra
Magos Fairy Tail
Magos Fairy Tail
avatar

Mensagens : 11
Data de inscrição : 08/05/2013

Ficha Magica
Jewel (Dinheiro): Jewel (Dinheiro):: 100.000

MensagemAssunto: Re: I see what tomorrow brings   Sex Jul 26, 2013 3:25 pm

 Ouvi sermão do Sin-chan... Ahhh! Palavras não me magoam! Ele devia era bater-me! Eu gosto quando ele me bate... Sin-chan! Está a ficar demasiado bonzinho...

Mas, agora não era tempo para isso. A situação era importante, e para o Sin-chan dizer para eu não usar o Rakkiti-san, é porque realmente a situação é feia. Uhm...

-...

Meu silêncio era isso mesmo: Silêncio. Ouvia com atenção o que o Sin-chan dizia, com alguns desvios da minha mente, mas nada de grave. Eu reparei que ele está um tanto... Receoso... Ele não tem com que se preocupar! O Duriel-sama é uma perfeita muralha para nos defender de qualquer ataque inesperado. E, se for o caso, sempre posso pedir ajuda à Kaa-chan. Ela logo oblitaria qualquer resistência. Isto sem falar na própria Ayame. Sim, talvez o Sin-chan esteja a pensar demais. Quando nos voltar-mos a encontrar, tenho de lhe dar umas massagens especiais... Kakaka...

Com o Sin-chan a retirar-se, logo o seguia o Kurama... Uhm... Talvez seja melhor avisá-lo...

-Ah... Uhm...

Dizia ao garoto, enquanto lhe ponha a mão no ombro...

-É... Como somos da mesma equipa... É para avisar que... Não usas as tuas habilidades de Dragon Slayer quando estiveres próprimo da Lamia-chan... Da Mestre da Lamia Scale. Confia em mim. Não mentiria sobre isto.

Com um sorriso verdadeiro, mas que no entanto podem interpretar por provocador, despedi-me do garoto, e com um rápido gesto com a mão direita, despedi-me da Ayame-chan. Depois, saltei da torre, para junto do Rakkiti.

-Amigo, parece que não vou poder levar-te comigo... Não te preocupes... Tudo vai correr bem!

Disse ao meu corvo. Após estas palavras, ele dissolveu-se em fumo negro, desaparecendo... Com isto, preparei-me para a viagem, que seria longa... Muito longa...


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ayame
Magos Fairy Tail
Magos Fairy Tail
avatar

Mensagens : 16
Data de inscrição : 19/07/2013

Ficha Magica
Jewel (Dinheiro): Jewel (Dinheiro):: 1 000. 000

MensagemAssunto: Re: I see what tomorrow brings   Sex Jul 26, 2013 7:10 pm

Going Out With Idiots
Como sempre, Akua e o seu dom de irritar uma pessoa agiam novamente, transformando o novato numa vítima mortal. Os gritos dele já se tornavam um tinido insuportável, e pouco faltava para eu começar a pensar (mentira, era mais fácil deixá-lo inconsciente) numa maneira de o calar rapidamente. Mas aquela garota pegajosa parecia determinada a provocar o garoto e eu não consigo entender o porquê.

Num meio tossido ela mencionou o meu nome e eu desviei os meus olhos do chão - que era para onde estava a olhar no momento - e encarei-a, notando aquele ar sonso dela. As palavras que ela mencionara a seguir fizeram-me querer matá-la ali e naquele momento. Fitei-a com o olhar mais frio que me era possível - e olhem que ele já é naturalmente frio -, e ignorei-a. A seguir, veio um comentário do novato, completamente fútil e sem fundamento algum.

- Que eu saiba, ser Classe-S não significa ter uma personalidade maravilhosa. - respondi-lhe naquele meu tom sarcástico de sempre.

Ainda teve a coragem de me provocar depois de eu o avisar que me estava a irritar... Ele é estúpido ou confiante demais? É uma questão que eu não quero resposta, e eu teria feito alguma coisa ali - aliás, eu ia fazer, e isso era visível pelas sombras que começaram a surgir à minha volta -, mas ele acordou-me para um outro assunto, mais importante que a estúpidez dele no momento; a tal missão - que me daria tédio - até Lamia Scale. A expressão sombria que deveria estar estampada no meu rosto deve ter dissipado com o acalmar do meu coração. Fechei os olhos e expirei fundo, já sabia que mais um monólogo comprido de Sin começaria então.

Começou com ralhetes aos outros dois que me deixou mais bem disposta, e só não trocei deles numa provocação para que Sin não me importunasse com os seus sermões de padre. Finalmente ultrapassara o assunto, e avisara que iriamos viajar até Hargeon de trem e seguir o resto do caminho a pé até a Lamia Scale. Explicou as desavantagens de usar o corvo de Akua e os problemas do caminho. Depois, referiu - mais uma vez - as qualidades de cada um que eram necessárias para a missão. Ditou o líder do grupo, teoricamente, e sobre como era importante evitar ''discussões'' - que eu ainda não percebi bem a que se referia, pois não me lembro de alguma vez ter discutido com algum dos dois ali presentes, era uma perda de tempo.

Ainda disse umas tretas acerca das funções de Mestre, mas eu já tinha apagado a mente para a conversa nesse momento, perdendo-me em pensamentos até vê-los (Sin, Kurama e Akua) a movimentarem-se de forma a sair do local. Coçei a cabeça enquanto me punha a andar - ignorando por completo o acenar de Akua.

- Porra, devia ter pegado um livro antes de vir para aqui. - sussurrei, desaparecendo do local atrás dos outros.  

Oh how wrong we were to think immortality meant never dying...





The God of dreams smiles elegantly and questions Death
The chains of causality controlling space 
And time begin to get tangled
It's a fantasy program given by God
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: I see what tomorrow brings   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
I see what tomorrow brings
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Cap 7 - Yesterday you said tomorrow, Do it.

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Fairy Tail World RPG :: Guildas Aliadas :: Fairy Tail-
Ir para: