Fairy Tail World RPG


Seja Bem vindo ao fairy tail World RPG!

Fairy Tail World RPG

O Mundo da Magia
 
InícioFT World RPGCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Ficha de Alsiel

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Alsiel
Master Oracion Seis
Master Oracion Seis
avatar

Mensagens : 32
Data de inscrição : 13/07/2013

Ficha Magica
Jewel (Dinheiro): Jewel (Dinheiro):: 300.000.000

MensagemAssunto: Ficha de Alsiel   Qua Jul 17, 2013 10:25 pm

Nome: Alsiel

Alcunha: -

Idade: 312

Raça: Humano

Local de Origem:

Família:

Aspecto Físico: Alto com 1.85 cm, 80kg. Cabelos curtos e castanhos assim como seus olhos.  Trajando sempre uma roupa típica de padres, com um colar tendo um pingente de ouro em forma  de cruz.
Spoiler:
 

Psicologia: Indiferente. Utiliza a religião e a fé, mesmo não acreditando em sua eficácia. Não possui problemas em se relacionar com os outros e apesar de não julgar os mais fracos, possui uma visão extremamente estrategista.

Hobby: Recitar a bíblia. Rezar. Pensar no futuro e em seus desejos e orações.

Ódios: Tudo que vai contra seu ideal

Guilda: Orácion Seis

Equipe:

Magia Primaria: Demon Slayer

Magia: – Descrição: Desconhecida da grande maioria, a magia de exterminar demônios força à prática aqueles que quiserem seu nome podendo ser obtida apenas por aqueles que de fato mataram um demônio  literalmente absorvendo a sua existência em um tipo de possessão demoníaca reversa. Como em decorrência de absorver o poder demoníaco, o usuário desta magia desenvolve uma regeneração constante, quando não está usando a Demon Slayer, e de tal nível que possibilita até mesmo a regeneração celular, o que gera uma semi imortalidade (o Demon Slayer não envelhece e rapidamente se cura quando não está em combate, mas pode ser morto como um humano comum), algo proibido por lei, a própria Demon Slayer  é uma magia banida até mesmo da história do mundo mágico. 

Assim como os demais usuários de magias de extermínio, os Demon Slayers tem suas técnicas baseadas em um elemento que podem controlar, desde que originado de sua magia, e devorar para repor ou ampliar seus poderes, neste caso desde que não proveniente de sua magia. A força das técnicas é equivalente à das próprias dos God Slayers de forma que mesmo um God Slayer não possuí imunidade nem pode devorar o elemento de um Demon Slayer assim como o contrário também é verdade. 


Técnica Mágica: Demon Force
Rank: SS

Duração: Permanente após a ativação

Número de Uso: Uma vez por batalha

Tipo Mágico: Suporte

Bônus: +30 de bônus em técnicas mágicas (independente do tipo) e +50% de dano mágico recebi por magias do tipo luz e sagrado.

Descrição: Habilidade avançada da magia Demon Slayer que torna o usuário um híbrido humano-demônio e embora não altere mais que a cor de seus olhos, que adquire uma tonalidade carmesim, amplia consideravelmente a eficácia de sua magia e o permiti consumir para ampliar mais seus poderes ou repor poder mágico, além de seu elemento, magias do tipo sombra e escuridão. Em contra partida o usuário torna-se mais vulnerável a magias do tipo luz e sagrado. 
 
Técnica Mágica: Sora Akuma no Reiteki Jōshō (Ascensão Espiritual do Demônio do Céu)
Rank: S

Duração: D6 + 1

Número de Uso: 3 vezes a cada 4 turnos.

Tipo Mágico: Suporte

Bônus: 25

Descrição: Aumentando drasticamente a taxa de absorvição de ar o usuário aumenta suas capacidades humanas, se tornando muito mais veloz, forte e capaz de manipular seus ataques mais facilmente


 
Técnica Mágica: Sora Akuma no Hōkō (Rugido do Demônio do Vento)

Rank: S

Duração: 2 turnos

Número de Uso: 8 vezes por batalha

Tipo Mágico: Ofensivo

Bônus: +25

Descrição: Sugando o ar ao seu redor, o usuário dispara através da boca um enorme tufão de vento que se manterá ativo em área depois de seu disparo, sendo um golpe de área que atinge todos na localidade. A rajada possui uma tonalidade escura e acinzentada, destacando-se do ar ao redor.




Técnica Mágica: Mestuki  Ougi: Sora Akuma no Taifū (Técnica Secreta de Exterminar Demônios: Tufão do demônio do céu)

Rank: SS

Duração: 2 turnos

Número de Uso: -

Tipo Mágico: Ofensivo/Defensivo (Híbrido)

Bônus: 30

Descrição: Misturando sua áurea assassina com os ventos ao redor, o usuário cria uma tormenta.  As rajadas de vento consomem todo ataque ao redor e atinge todos em um raio de trezentos metros.  As ondas são tão poderosas que dificultam a respiração no local.


Técnica Mágica: Sora Akuma no Fukugen (Restauração do Demônio do Céu)

Rank: SS

Duração: Cinco turnos.

Número de Uso: Quatro vezes por combate.

Tipo Mágico: Cura.

Bônus: +30

Descrição: Canalizando seu maryoku, o usuário consegue curar ele mesmo ou então outra pessoa. O efeito


Técnica Mágica: Sora Akuma no Shōkan (Redenção do Demônio do Céu)

Rank: SS

Duração:  D6 + 2

Número de Uso: Ilimitado

Tipo Mágico: Ofensivo

Bônus: 30

Descrição: Aumenta a pressão de todo espaço ao redor, fazendo com que todos me uma área de cem metros deite no chão imóvel pela força descomunal.
 
 
Magia Secundaria: Bajiquan



Magia: – Descrição: Arte milenar ensinada aos executores da Igreja a centenas de anos atrás. Um estilo de combate já extinto e de extrema eficiência. Baseia-se no combate corpo-a-corpo com utilização de maryoku para aumentar a força dos poderes, sendo capaz de até mesmo destruir todos os órgãos do inimigo com apenas um único soco e defender lâminas afiadas apenas com a resistência da pele.
 
Técnica Mágica: Bajiquan - Paralisação

Rank: S

Duração: D6  + 1

Número de Uso: 3 vezes a cada 6 turnos

Tipo Mágico: Ofensiva

Bônus: 25

Descrição: Utilizando seu conhecimento nas artes marciais do Bajiquan, o usuário acerta os nervos do adversário responsável pelos movimentos, sendo capaz assim de paralisá-lo temporariamente.


 
Técnica Mágica: Blades of Fate.

Rank: A

Duração: D6 + 1

Número de Uso: 5 vezes por batalha

Tipo Mágico: Suporte

Bônus: 20

Descrição: Arte que completa o Bajiquan. Baseia-se na utilização de seis pequenas empunhaduras que alimentadas pelo maryoku do usuário, cria lâminas em cada uma. Utilizando três em cada mão formando uma formação de garras, o usuário é capaz de utilizá-las para maximizar seus ataques, perfurando e cortando o adversário e até mesmo lançando a arma para combate a distância.



Técnica Mágica: Leap

Rank: S

Duração:  1 turno

Número de Uso: Ilimitado

Tipo Mágico: Esquiva/Suporte (Híbrido)

Bônus: 25

Descrição: Com apenas um salto, o usuário se movimenta em uma velocidade absurda.
 
Técnica Mágica: Strength

Rank: A

Duração: 1 turno.

Número de Uso: ilimitado

Tipo Mágico: Defensivo

Bônus: 20

Descrição: O usuário utiliza a arte marcial do Bajiquan em si, sendo capaz de desferir socos extremamente fortes ou até mesmo endurecer seu corpo, evitando dano de ataques físicos.
 
Técnica Mágica: Maximum Speed

Rank: SS

Duração: 5 turnos.

Número de Uso: 7 vezes

Tipo Mágico: Suporte

Bônus: 20

Descrição: O usuário se movimenta tão rápido que em seu ponto de vista tudo está mais devagar. Ocorre instantaneamente.
 
Técnica Mágica: Force

Rank: A

Duração:  1 turno

Número de Uso: Cinco vezes a cada três turnos

Tipo Mágico: Ofensivo

Bônus: 20

Descrição: Utilizando o combate corpo-a-corpo, o usuário difere ataques extremamente fortes com a conversão de seu maryoku em força bruta.
 
 


Breve História: Tudo começa há muitos anos atrás, onde a Igreja era ainda mais rigorosa do que atualmente. Baseados em uma religião forte e ambiciosa, dispostos a eliminar os inimigos que os assombram, seja nas palavras ou até mesmo nas ações. Eis o foco em que se esperava chegar e onde Alsiel entra. Dentro da doutrina, mulheres eram engravidadas com o único de propósito de entregar guerreiros de “Deus” para a Igreja. Nasceriam dentro delas e a partir de um treinamento rigoroso e interno, seriam preparados para eliminar opositores.

Devido às doenças e pouco tecnologia da época sua mãe faleceu no parto e seu pai nunca foi confirmado, afinal era lei não ter contatos entre a criança e qualquer outro familiar, mesmo que a progenitora sobrevivesse. 

Passou toda sua infância dentro da Zentopia, sendo treinado para matar magos, assassinos, criaturas mágicas e até mesmo... Demônios? Isso realmente lhe intrigava. Lia muito pouco sobre eles em seus livros. PS: Considerava pouco, pois não acredita nas superstições que aparecia e detalhes sem registros de combates.

Suas emoções eram extremamente restritas. Era lhe ensinado de que não podia hesitar para ninguém, apenas Deus podia surpreendê-lo ou fazê-lo pensar duas vezes. Alegria era pecado, tristeza era pecado, amor e ódio também. “Siga a doutrina, siga Deus”. Todos os dias esta frase era colocado em sua cabeça e assim o garoto cresceu.  Com 15 anos começou a ser liberado da Igreja onde residia para executar pequenas missões de assassinato. Silenciando blasfêmias e caçando pecadores. Utilizando a arte da lâmina e da força através da magia.

Sua vida se baseava basicamente nisso até completar 26 anos e criar uma fama impossível de se esconder. Todos sabiam que não havia problema que ele não resolvesse ou criatura que ele caçasse. A Igreja era temida como nunca e as poucas guildas que existiam na época não se opunham as decisões feitas pelos Acerbispos. Alsiel criou um prestígio nunca visto e logo tudo seria tirado dele com uma única mudança de eventos.

Não é todo dia que um demônio lorde banido de outro mundo faz contato com os seres humanos e os ameaçam de extinção se não fizerem o que manda. Foi exatamente o que os cardeais pensaram no momento em que a enorme criatura avermelhada aparecia para eles. Seu poder podia ser sentido pelos fracos velhotes enquanto que as paredes do local sagrado tremiam. Havia uma maneira de salvar a todos e esta era entregando o melhor guerreiro entre eles. Apenas os superiores da doutrina sabiam disso e temendo o terror que poderia causar se isso caísse na boca do público, decidiram manter isto entre eles e seguirem o que a criatura dizia, enviando Alsiel para ele como se fosse uma missão qualquer, colocando o guerreiro que vivia em nome da Igreja no corredor da morte.

Naquela noite fria que seria sua última missão, o mago lembrava-se de alguns fatores interessantes de sua própria vida, suas lutas e seus encontros com outras pessoas. Tinha aprendido a lidar com outros e sempre existia no fundo de seu coração dúvidas sobre sua própria vida e a Igreja, porém, como nunca deveria questionar, seguiu seu caminho.

O local combinado era na extremidade norte de Fiore, já no final da divisa. Uma floresta abandonada e sem sinal de moradores. O alvo estava encapuzado e Alsiel moveu-se para fazer o que era treinado, porém, dessa vez não foi como imaginava. A lâmina que arremessara de fato atingiu o inimigo, porém não causou reação alguma. Já se preparando para o próximo movimento, o demônio removeu o manto e liberou seu enorme poder, fazendo com que árvores fossem arrancadas e saíssem voando para longe do local. De fato faltavam detalhes sobre quem estava caçando. Aproximou-se rapidamente e antes que atacasse, frisou onde estava. Não conseguia mexer um músculo e o demônio logo começara a falar.

Aparentemente ele não era um qualquer dos livros que Alsiel lia. Parecia que além de ele ser um dos mais fortes, tinha sido banido de sua própria dimensão e agora vinha para... Brincar com humanos? Ele lhe contou toda a história que havia combinado com os cardeais e prometeu não fazer mal algum a Igreja se fosse derrotado. Alguns poderiam ficar irritados por terem sido descartados dessa maneira, porém o nosso “herói” não se sentiu assim. Foi treinado para este momento também e seguiria o protocolo, e enfrentaria a criatura horrenda.

Foi liberado da magia e rapidamente avançou. O homem avermelhado deixou o assassino se aproximar e ambos os punhos se chocaram. O que Alsiel estava acostumado era que aquele que batia voasse longe, afinal, ele canalizava maryoku pelo seu corpo aumentando seu vigor e força física e mesmo assim, a criatura não ficou para trás. Um choque de impacto se criou e ambos recuaram tendo Alsiel recuado mais. Considerava aquele momento como uma derrota.

Recuou para a floresta e esperou o momento oportuno para atacar. Pena que ele nunca chegou, pelo fato da onda de choque disparado pelo demônio força-lo a recuar mais ainda enquanto era perseguido. Passava por galhos e pedras arremessando facas contra o adversário. Nada funcionava. Era retribuído com tiros de energia bruta que ao não acertarem, destruíam tudo em contato. Este clico durou quase a noite toda, até que em um momento oportuno, conseguiu se aproximar e concentrar todo seu maryoku em uma das lâminas e então perfurar o coração do demônio que antes de desaparecer,se fundiu com o corpo de Alsiel, lhe entregando seu poder. Este era seu objetivo desde o começo caso perdesse, corromper o melhor guerreiro da Igreja, porém, o que ele não esperava era quê o mago conseguiria dominar por completo sua presença e eliminá-la, ficando apenas com o poder do lorde.

Sentia as suas emoções vindo a tona e seu poder aumentando. Não conteve uma enorme gargalhada que parecia não ter sentido algum. Seu rosto sujo de sangue brindava a vitória que o mantinha vivo e sentia a humanidade se esvaindo. A dúvida que sentia dentro dele, o sentimento que não questionava finalmente apareceu. Ele precisava mudar as coisas. Covardes sentam e rezam para algo que não acreditam e manipulam os outros os descartando. Precisava consertar isso. Tinha poder agora e seguiria apenas suas condutas e o que julgava certo. Era hora de buscar restauração, mas antes, tinha que aprender um pouco mais sobre esse poder que adquiriu. Sua jornada começava agora.
 
                                                                                                                                Fim.

É interessante que eu tenha escrito minha vida até aqui, onde minha humanidade morre. Visto que foi eu mesmo que fiz, acho que está bom para o final. Não vivi um grande filme até então e pouco me importa se acharam interessante ou não.  A partir daí, eu pude sentir o poder dentro de mim e até mesmo os desejos daquela criatura que eu acabei de matar. Eu sabia que ele queria algo mais e eu sabia que era outra pessoa. Sim, ele falhou em algo e por isso veio até mim. Eu não ia me deixar ser afetado por isso, pelo contrário, sei que posso encontrar esta pessoa. Não só pelas minhas próprias habilidades que fui treinado mas também com este novo poder eu sinto o cheiro dele de longe. Por hora era o que eu queria fazer, era o que eu tinha em mente.

Minha viagem levou-me até Bosco, onde ao encontrar Makkiu eu entendi o que o demônio estava querendo dizer. Ele era igual a mim, porém sabia controlar seu poder mais do que eu. Tinha-o por mais tempo e por sermos da mesma raça agora, decidiu me fornecer um local para que eu treinasse e aprendesse a fundir este novo poder ao meu. Eu podia sentir a conexão entre os nossos demônios e o peso que teríamos que carregar para sempre. Um que eu achava insignificante, na verdade. Passei 243 anos treinando naquele local, vendo Makkiu partindo para suas viagens enquanto eu continuava me aperfeiçoando nas artes marciais do Bajiquan, agora ainda mais poderoso com a força monstruosa que eu havia adquirido. As trevas se rodeavam em volta de mim assim como também o ar que parecia ser meu aliado. Sim, esse era meu elemento. Inspirando apenas uma única vez, me sentia alimentado pelo ar.

As poucas vezes que meu “amigo” voltava, entendíamos um pouco mais sobre como é viver com este poder e nos sentíamos iguais e além disso, era preocupante pensar o que aconteceria se lutássemos, nossos poderes eram únicos e perigosos. Tentei trazer ele para o meu caminho, juntos poderíamos facilmente seguir o que eu chamava de restauração deste mundo, porém ele parecia estar preocupado com outras coisas. Nossas ideologias eram opostas. Eu não iria força-lo e certamente não o atrapalharia desde que ele não fizesse o mesmo. O seu lugar estava reservado no meu novo mundo, Makkiu definitivamente irá viver até lá para ver.

Deixei o país em busca de oportunidades, afinal eu não poderia vencer essa guerra sozinho, talvez apenas reagir. O fato de eu estar vivo não ficou escondido por muito tempo. Mesmo depois de todos esses anos, devido a essa maldito conservadorismo da Igreja e passagem de informação durante reações, me descobriram e então a caçado começou. Quantos assassinos eu não matei que eu poderia chamar de companheiro se eu vivesse atualmente. Infligi o máximo de dano a Zentopia enquanto me dividia em aumentar minhas forças e seguir ainda a Deus. Minha fé mesmo que fraca ainda existia. Um demônio que tinha fé, rhum, eu sou realmente muito curioso.

Eu não negava minhas emoções mais e sim as controlava, agora eu tinha uma maior liberdade e com o tempo eu comecei a ver o mundo a avançar e as reviravoltas que vinham. Vi guildas fortes surgirem e as mesmas caírem. Vi magos poderosos ascenderem e morrerem pela sua arrogância.
O tempo passou até o presente atual. Já a um longe tempo eu não me envolvo com a Igreja ou vi de novo o Makkiu. Depois de todo esse tempo uma oportunidade apareceu para mim. Orácion Seis, uma guilda das trevas que antes tinha se afundando em combate agora ameaçava ressurgir com uma nova líder e membros. Eu percebi que não durariam muito tempo, já que se opuseram a aliança Baran. Estava ali minha oportunidade. Começei a juntar seguidores para resurgir a Orácion Seis quando ela caísse e o meu momento finalmente chegasse. Minha oração iria ser seguida, meu sonho se tornaria realidade.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Ficha de Alsiel
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» [Ficha] - Sora D. Pierre
» Ficha - Lord Lucario
» ~ Como Atualizar sua Ficha ~
» [Ficha] Ryujin
» FICHA Aurora

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Fairy Tail World RPG :: Guildas das Trevas :: Oracion Seis :: Ficha Mágica-
Ir para: